segunda-feira, 22 de abril de 2013

Impactos de mineração é tema de discussão na Assembleia de Minas

Foto: GettyImages
Os impactos sociais e os direitos humanos violados devido às atividades de mineração no Estado serão discutidos, hoje (22/4/13), em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A reunião, que atende requerimento do deputado Rogério Correia (PT), será daqui a pouco às 9 horas, no Auditório da ALMG. Segundo informações do gabinete do parlamentar, o objetivo do encontro é cobrar o cumprimento das condicionantes ambientais e sociais para a atividade minerária em Minas Gerais.



Foram convidados para a reunião o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves; a procuradora regional de Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal, Silmara Cristina Goulart; o superintendente regional do Ibama, Evandro Xavier Gomes; o superintendente regional do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Celso Luiz Garcia; o procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Cultural, Urbanístico e Habitacional do Ministério Público Estadual, Alceu José Torres Marques; e o prefeito de Brumadinho, Antônio Brandão.

Também foram convidados o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), Vilson Luiz da Silva; o coordenador-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores e das Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetrafminas), Juseleno Anacleto da Silva; o assessor de Comunicação da Comissão Pastoral da Terra de Minas Gerais, Gilvander Luís Moreira; o representante da Comunidade do Distrito Vale das Cancelas do Município de Grão Mogol, Adair Pereira de Almeida; o dirigente Estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Luís Carlos Pereira; o presidente da Ong Abrace a Serra da Moeda, Beatriz Vignolo Silva; e a representante da Direção Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens, Soniamara Maranho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário