terça-feira, 5 de novembro de 2013

Resgate de Jiboia no entorno do PEPF

O guarda-parque Leonardo do PEPF resgatando a jiboia
Foto: Victor Hugo Rodrigues
No dia 30 de outubro, o biólogo Victor Hugo Rodrigues, da euipe de gestão da fauna do IEF, se deparou no dique da usina hidrelétrica Amador Aguiar I, com uma jiboia (Boa constrictor) atravessando a pista. Os zeladores do Parque Estadual do Pau Furado (PEPF), foram acionados pois eles possuíam ferramentas adequadas para retirar o animal da rodovia.

Pouco depois os zeladores do PEPF chegaram ao local, com um gancho e retiraram a jiboia da rodovia, que fica cercada por uma mureta de 1,0 de altura, e a colocaram próximo da vegetação do Trecho de Vazão Reduzida (sentindo para onde ela estava direcionada). 

Captura da jiboia
Foto: Victor Hugo Rodrigues

A equipe de zeladores do PEPF fez, recentemente, um curso de capacitação de contenção e captura de animais silvestres, promovido pela equipe de gestão da fauna do IEF – Escritório Regional do Triângulo, no qual foi ensinado as técnicas e as instruções sobre os procedimentos corretos de captura e soltura do animal silvestre, isto é, estando visivelmente saudável a soltura deve ser realizada no fragmento de vegetação nativa mais próximo do local onde foi encontrado.

O senhor que cuidou da jiboia desde o inicio de maneira correta, foi embora sem deixar nome ou registro fotográfico. Havia no local também, uma pessoa que incomodava a cobra com uma barra de metal, com o intuito de induzir ataques (conhecidos popularmente como botes) no material metálico. Ele foi advertido pelo biólogo Victor Hugo, pois poderia estressar e ferir o animal.

Soltura do animal em local apropriado
Foto: Victor Hugo Rodrigues

         

Um comentário:

  1. Parabéns galera! É isso aí! Por em prática o que foi ensinado no curso!

    ResponderExcluir