quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Você conhece o PARQUE ESTADUAL DE GRÃO MOGOL?


Parque Estadual de Grão Mogol
Foto: acervo PEGM
O Parque Estadual de Grão Mogol guarda surpresas na sua paisagem deslumbrante, sua história ainda presente, a fauna, que preserva animais ameaçados de extinção e sua flora com espécies endêmicas.  Saiba mais!





 
Criado em 22 de setembro de 1998 através do Decreto 39.906/98, o Parque Estadual de Grão Mogol é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral inserida, em sua maior extensão, na região conhecida como Serra da Bocaina, município de Grão Mogol, estado de Minas Gerais. A cidade tem sua origem na descoberta de diamantes no final do Século XVIII, que atraiu pessoas do Brasil e de diversos países da Europa para a região.


De relevo montanhoso e cortado por grandes chapadas, dentre elas, a Chapada do Bosque, sua vegetação varia de rasteira e pequeno porte até cerrado e caatinga arbustiva. Compondo a flora peculiar, destaque para as canela-de-ema de grande importância ecológica. Na fauna, espécies como o lobo-guará, tamanduá bandeira, tatu canastra e jararacuçu também são encontradas.

Canela-de-ema
Foto: acervo PEGM
O Parque abrange uma área de mais de 28.000ha da Bacia Hidrográfica do Rio Jequitinhonha e apesar da região extremamente seca, é cortado por rios perenes, fato que aumenta a importância da preservação local, visando garantir a vitalidade de seus cursos hídricos e nascentes que alimentam também outras Bacias.


Cachoeira da fumaça
Foto: acervo PEGM

Uma das mais importantes trilhas do município, localizada dentro do Parque Estadual de Grão Mogol, com calçamento de pedra dos tempos coloniais leva até o local onde se localizava a Fazenda do Barão de Grão Mogol. Além da paisagem encantadora, o trajeto é um registro da história de Grão Mogol, pois os escravos do Barão construíram a trilha para dar acesso da Fazenda do Cafezal ao município de Grão Mogol, um percurso com vários trechos calçados de pedras e bem conservados.


Trilha com os funcionários
Foto: acervo PEGM

No último 27 de janeiro, a equipe do Parque Estadual de Grão Mogol realizou o Dia de Campo com foco em mais um atrativo histórico da Unidade de Conservação: o Curral de Pedras. A exemplo do Parque Estadual do Pau Furado, o Curral de Pedras também encontrado em Grão Mogol é um símbolo histórico e cultural que agrega valores ao patrimônio regional. 

Curral de pedras
Foto: acervo PEGM

O percurso da equipe coordenada pela Gerente Carla Cristina serviu de observação, conhecimento e avaliação da trilha quanto aos possíveis riscos, bem como identificação de mais pontos que tornam o Parque um local com potencial para futura abertura à visitação pública. O dia foi finalizado por um momento de descanso e descontração da equipe na Cachoeira da Fumaça, mais um atrativo da região localizado no entorno do Parque.



Equipe de funcionários do Parque
Crédito: Acervo pessoal de Carla Cristina

As visitas de caráter científico e educacional previamente agendadas são liberadas através do telefone: (38) 3238-1114 - Escritório Sede do Município (tratar diretamente com a Gerente Carla Cristina). A expectativa é grande para que Grão Mogol seja em breve também aberto ao público em geral amante da exuberante natureza mineira!

A localização do Parque Estadual de Grão Mogol você encontra no mapa anexo ao Guia de Parques Estaduais de Minas Gerais. Acesse e saiba mais detalhes sobre os melhores roteiros de ecoturismo do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário