terça-feira, 25 de março de 2014

Capacitação de Contenção e Captura de Animais Silvestres para a Policia Militar do Meio Ambiente (9ª CiaIndMAT)

Nos dias 18 e 24 de fevereiro do ano de 2014, foram realizadas as primeiras Capacitações  de Contenção e Captura de Animais Silvestres para a Policia Militar do Meio Ambiente (9ª CiaIndMAT), nos municípios de Uberlândia e Tupaciguara.  A capacitação foi ministrada pela Assistente Ambiental Juliana Macedo Magnino Silva, Medica Veterinária da equipe de fauna do Escritório Regional Triângulo/IEF com a participação da Professora Vera Lucia Brites, coordenadora do Setor de Manutenção de Répteis da Universidade Federal de Uberlândia e a bióloga do setor, Graciele Freitas Cardoso.


Foi abordada a importância da realização de um trabalho conjunto dentro do SISEMA, além dos desafios e responsabilidades da Polícia Militar Ambiental na captura, contenção, recolhimento, bem-estar, transporte e conservação da fauna silvestre nativa. Os princípios básicos da contenção e captura de répteis de diferentes ordens (testudines, squamata e crocodylia), as vestimentas e equipamentos necessários para realizar a contenção, os acidentes ofídicos e suas consequências, a contenção e captura de mamíferos, aves e anfíbios, foram os principais assuntos abordados na capacitação.

Na aula prática, os equipamentos utilizados na contenção de animais (gancho, luvas de raspa de couro, cambão, pinção, caixas de contenção, tubo de contenção, perneira) foram apresentados e houve demonstração prática da contenção de jabuti, (Geochelone carbonaria), teiú (Tupinambis merianae), jibóia (Boa constrictor), e outros répteis. Durante a aula prática, a professora Vera Lucia adicionou informações e curiosidades sobre a anatomia, comportamento, reprodução e alimentação destas espécies. Após a demonstração, os participantes tiveram a oportunidade de fazer a contenção dos répteis e colocar em prática os conhecimentos que foram passados durante a palestra.



Vídeos sobre erros de contenção de mamíferos e suas consequências fizeram parte da palestra, dando ênfase para os mamíferos da ordem carnívora. O estresse que a captura e o transporte podem causar nos animais também foi foco da palestra. 

Para finalizar, uma cartilha para confecção de equipamentos de contenção e captura foi passada aos participantes. Todos os equipamentos citados, na apostila, foram confeccionados com restos de materiais de construção, madeira, e outros objetos que não tinham mais utilidade e seriam descartados. Os animais utilizados na capacitação são mantidos no Setor de Manutenção de Répteis da UFU, sob responsabilidade da Professora Doutora Vera Lúcia Brites.

Por: Coordenadoria de Pesquisa e Proteção à Biodiversidade-Escritório Regional Triângulo-IEF


Nenhum comentário:

Postar um comentário