quarta-feira, 22 de maio de 2013

Primeiro dia da VI Oficina do Plano Estadual de Proteção à Biodiversidade - PEPBio em Uberlândia


Autoridades na sessão de abertura da
VI Oficina do PEPBio - Uberlândia
[ATUALIZADO] Na abertura da VI Oficina do Plano Estadual de Proteção à Biodiversidade - PEPBio estiveram presentes diversas autoridades, como o Diretor Geral do IEF Bertholdino Apolônio Teixeira Júnior, Vice-Prefeito de Uberlândia Paulo Vitiello Filho, Tenente Coronel Márcio Constâncio, Promotor de Justiça Dr. Alam Baena Bertolla dos Santos,   Cacique Kaun Poty Guarani (Povo Guarani, MG) dentre outros. Em seus pronunciamentos, todos ressaltaram a importância da proteção da biodiversidade e os instrumentos necessários para preservar o meio ambiente.

Público presente na Oficina do PEPBio - Uberlândia
Foi comentado também, que hoje dia 22 de maio é comemorado o Dia Internacional da Biodiversidade e nada mais justo do que discutir-se sobre o assunto a fim de criar novas diretrizes para a proteção da biodiversidade.

[ATUALIZAÇÃO 28/05] Entrevista ao vivo com o Diretor Geral do IEF no MGTV/Globo 1a Edição 22/05/2013:


Veja abaixo a matéria e a entrevista do Diretor Geral do IEF, Bertholdino Apolônio Teixeira concedida ao SBT:



Após a abertura, especialistas de diversas áreas apresentaram um rápido panorama da biodiversidade da região, em seus aspectos acadêmicos, socioculturais, científicos e jurídicos. 

Diretora de Pesquisa e Proteção à Biodiversidade:
Neluce Maria Arenhart Soares

Em seguida, as 70 pessoas, entre convidados e inscritos foram convocados para formarem os 5 grupos de trabalhos (GTs), de acordo com os seguintes temas:


    Formação dos grupos
    de trabalhos (GTs)
  • GT 1: Investigação Científica e indução de linhas de pesquisa;
  • GT 2: Conservação da Biodiversidade (Geodiversidade e interconexão de biomas);
  • GT 3: Agrobiodiversidade (utilização sustentável dos componentes da biodiversidade/agrofloresta; agroecologia e serviços ambientais);
  • GT 4: Sociobiodiversidade (conhecimento tradicional, acesso ao recurso genético e repartição de benefícios / etnobiologia), e;
  • GT 5: Questões Transversais: Educação, sensibilização pública, informação e divulgação sobre biodiversidade; Fortalecimento jurídico e institucional para a gestão da biodiversidade; Impactos e Mitigação (monitoramento, avaliação, prevenção e mitigação de impactos sobre a biodiversidade).
Debate do GT sobre
 os temas específicos
Cada grupo discute os temas específicos e debate sobre os principais entraves para a implementação da proteção da biodiversidade, em seguida propõe soluções diversas para os problemas abordados.

Amanhã será o último dia e todo o trabalho será consolidado e debatido em plenária geral. Não percam!







Nenhum comentário:

Postar um comentário