Campanha Porta a Porta: Coleta Seletiva na Região do Pau Furado

Placa indicando onde jogar o lixo seco
e úmido
Foto: Arquivo DMAE
Desde 2010 o Parque Estadual do Pau Furado tem feito várias ações para efetivar a Coleta Seletiva na Região do Pau Furado.

Este projeto conta com o apoio do DMAE e vários outros parceiros. Montamos um cronograma de visitas às propriedades rurais da região para ensinar como fazer a separação e onde descartar o lixo gerado.


Confira a reportagem completa que saiu no Site do DMAE.



No dia 25 de junho foram retomadas as visitas das equipes do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) para o ‘Projeto de Conscientização Ambiental na Zona Rural de Uberlândia’. A ação é realizada em parceria com o Parque Estadual do Pau Furado, sob coordenação do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e foi iniciada região da Tenda dos Morenos, sentido leste da cidade.

Conversa com moradores
Foto: Arquivo DMAE
Desde 2010

A parceria entre o DMAE e o IEF existe naquela região desde 2010 e consiste em desenvolver nos produtores rurais consciência e responsabilidade quanto ao descarte correto do lixo convencional e reciclável. “O trabalho de conscientização precisa ser constante, uma vez que algumas pessoas ainda não separam o lixo do modo adequado. Além disso, a região recebe muitos turistas no final de semana, que produzem lixo e não fazem o descarte correto”, explicou a orientadora da equipe de mobilização da diretoria de Gestão de Resíduos Sólidos do DMAE, Tânia Brasília.

Desde o começo do ano, o DMAE já disponibilizou mais de 90 contêineres para o descarte do lixo convencional na zona rural e construiu abrigos que recebem o material reciclável da coleta seletiva. O aposentado Pedro Silva é morador da região da Tenda dos Morenos e é um dos que contribui para a efetividade do trabalho, fazendo o descarte nos contêineres. “Essas caçambas foram muito boas para a região. Sempre trago o meu lixo e não deixo acumular”, contou.

Contêineres

A iniciativa foi feita em parceria com a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico em um investimento na limpeza de pontos críticos (onde há acúmulo de lixo e entulhos) na zona rural. Além da instalação dos contêineres, há o monitoramento para que a coleta seja feita conforme a quantidade de lixo gerado.

E a iniciativa tem registrado resultados positivos: assim como o senhor Pedro, a população dos sítios e fazendas passou a usar as caçambas para o descarte adequado. Neste dia, por exemplo, foram retiradas três toneladas dos contêineres instalados na região do Posto Carreteiro, localizado na BR-452, sentido Araxá.

Zona urbana

O trabalho de orientação sobre o descarte correto do lixo na zona urbana também é realizado pela mesma equipe de conscientização da coleta de resíduos do DMAE. Durante todo o mês de junho, estagiários percorreram as principais avenidas dos bairros Santa Mônica, Canaã, Patrimônio, Minas Gerais, Santa Rosa, Marta Helena, Luizote e Mansour. Os lugares foram selecionados pela Limpebras, empresa responsável pela coleta.


Organização do lixo
Foto: Isabelle Damasceno
Morador vem de bicicleta jogar o lixo no contêiner
Foto: Isabelle Damasceno
Morador fazendo o descarte correto do lixo
Foto: Tânia Brasília

Visita aos moradores
Foto: Isabelle Damasceno
Texto: Ana Augusta Ribeiro / Secom PMU

Comentários