quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Proposta de Corredor Ecológico para o Triângulo Mineiro

Servidores do IEF
Foto por: arquivo PEPF
Na última terça-feira (21/02) foi realizada uma reunião no IEF com todos os servidores da Unidade Regional Triângulo e alguns representantes da Sede-BH.

No momento foi falado sobre a Febre Amarela e a proposta de criação de Corredores Ecológicos.



A servidora Juliana Magnino, do Regional Triângulo, introduziu a reunião fazendo os repasses sobre a Febre Amarela, orientando os servidores dos procedimentos a serem tomados em casos de suspeita da doença.

Servidoras da Sede-BH apresentam o
Projeto de Corredor Ecológico
Foto por: Isabelle Damasceno
Os servidores da Sede-BH, Paulo Scheid, Mariana Megale e Tatiana Botelho, fizeram uma apresentação sobre Corredores Ecológicos no Estado de Minas Gerais. Eles trouxeram um pouco das definições legais e acadêmicas sobre o que vem a ser um Corredor Ecológico e quais são as suas funções ambientais e sociais. 

Também foi apresentado o trabalho que está sendo realizado para a criação do Corredor Ecológico Sossêgo-Caratinga, que tem o envolvimento de outras instituições, além do IEF.

Foto por: Guilherme Bueno
A intenção é que possamos criar mais Corredores, aumentando assim as áreas potenciais para a conservação de espécies ameaçadas e/ou sensíveis às alterações antrópicas. Gerando um ganho ambiental a longo prazo.

Que possamos integrar mais informações e formar verdadeiros corredores de biodiversidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário